BrandingComo construir brand love e por que isso importa?

Como construir brand love e por que isso importa?

O amor à marca é uma estratégia de marketing que busca adotar clientes fiéis à marca e transformá-los em defensores ou influenciadores da sua marca. Em um esforço para alcançar esse patamar, as marcas devem promover a satisfação do cliente, o valor do cliente e o marketing de relacionamento.

Brand Love

A indústria de marketing está inundada de termos como “lealdade”, “confiança”, “engajamento”. Mais recentemente, o termo “amor” também entrou em nosso vocabulário. Mas as pessoas podem realmente amar uma marca? Eles realmente se importam tanto assim?

Sem dúvida. Os consumidores começaram a ter certas marcas perto de seus corações. E por “certas marcas”, estamos nos referindo a marcas como Amazon, Apple, Disney e LEGO.

Pesquisas mostram que as conexões que fazemos com as marcas podem ser tão profundas e emocionais quanto as relações que temos com outras pessoas. As pessoas acampam durante a noite para mostrar sua dedicação ou até mesmo tatuar logotipos de marcas em si mesmas.

E, de fato, 75% das experiências de compra são baseadas na emoção. Portanto, o amor à marca é uma coisa poderosa, e as marcas precisam construir estratégias e campanhas em torno do brand love.

Concorrência Acirrada

Com mercados tão saturados e concorrência cada vez maior entre as marcas, os consumidores estão em posição de poder com ofertas chegando de todos os ângulos. E devido a essa abundância de opções, eles estão exigindo muito mais.

Qual marca você escolheria entre duas que oferecem serviços quase idênticos? Naturalmente, você selecionaria a marca que fez um esforço para se envolver com você de maneira significativa e memorável.

E embora 87% das pessoas queiram interações significativas com as marcas, apenas 17% acham que as marcas estão realmente entregando hoje. Eles não querem apenas o seu produto, eles querem algo mais profundo do que isso. Os consumidores adoram marcas que agem de forma mais humana e pessoal. Eles querem um envolvimento emocional; uma relação de lealdade, honestidade, confiabilidade, longevidade e compromisso.

As marcas se tornaram uma das maneiras pelas quais muitas pessoas, e de todas as idades, começaram a se definir. Portanto, torne sua marca uma marca com a qual as pessoas se orgulhariam de se associar

Talvez porque tenham crescido em um mundo onde aprenderam a não confiar em tudo pelo valor de face, as novas gerações realmente valorizam a transparência e a honestidade das marcas. Esta geração está muito mais consciente do marketing e da publicidade do que as gerações anteriores – e com essa consciência comercial vem o ceticismo.

Assim, a fidelidade à marca não pode mais ser presumida; deve ser conquistada.

amor às marcas

Clientes se tornam fãs

Os dias de falar sobre “clientes” está em declínio. É um termo com uma conotação essencialmente monetária, de apenas uma troca entre dinheiro e produto.

Agora, muitas vezes para nós é tudo sobre ‘fãs’. ‘Fãs’ que ‘amam’ uma marca; em oposição aos “clientes” que podem simplesmente “gostar” de uma marca. Os “clientes” precisam ser atraídos para comprar um determinado produto ou serviço, enquanto os fãs vêm por vontade própria porque têm uma conexão emocional com ele. Enquanto os clientes dão seu dinheiro, os fãs dão seus corações. E os fãs da marca, é claro, compartilharão sua mensagem com muitos outros. E todos nós entendemos a importância da recomendação pessoal.

Não nos referimos aos defensores da Disney como clientes, não é? Eles são fãs da marca. Isso porque há uma ligação emocional – seja pura alegria, nostalgia ou espanto – que foi cimentada através de experiências de marca significativas, memoráveis e mágicas, desde muito cedo. A Disney World é o melhor e maior exemplo de uma experiência contínua de marca ao vivo.

Transformando consciência em ação

O reconhecimento da marca por si só não impulsionará as vendas. O amor à marca é o que impulsiona o desejo, a lealdade e a defesa. Branding e publicidade criam consciência, mas é a experiência da marca ao vivo que cria uma conexão emocional tangível e não há nada mais tangível do que esse sentimento de brand love.

A jornada deve ir da consciência – engajamento – amor – ação. Não é simplesmente conscientização – ação; precisa haver algo significativo no meio.

O valor da fidelidade

Com o amor, é claro, vem a lealdade. Qualquer pessoa apaixonada sabe disso, e essa lealdade é valiosa. Então, com isso em mente, as marcas devem buscar 1.000 pessoas que as amam, em vez de 10.000 pessoas que apenas gostam delas.

sentimento de brand love

Pesquisa revela 6 maneiras de aumentar o amor pela marca

Já se perguntou por que as principais marcas do mundo são tão amadas? Há ciência por trás disso, de acordo com uma nova pesquisa. A empresa de mídia Oath pesquisou 150.000 consumidores em 13 países para revelar por que eles amam marcas específicas – e os resultados foram surpreendentes.

1. Marcas Amadas Excedem as Necessidades dos Clientes

Os clientes sempre têm necessidades. Querem comprar um produto que resolva um problema ou aceder a um serviço que lhes proporcione uma boa relação qualidade/preço. As marcas mais amadas do mundo, no entanto, vão um passo além. Eles “excedem as necessidades”, de acordo com a pesquisa da Oath – e mantêm os clientes satisfeitos no processo.

“[Eles] dão aos consumidores o que eles querem antes que eles peçam.”

marcas mais amadas do mundo

2. Marcas amadas constroem confiança

A confiança é crucial no marketing, e os clientes têm fé em marcas amadas. É tão importante que a confiança seja o segundo maior impulsionador do amor à marca na pesquisa da Oath, atrás das necessidades. “Isso anda de mãos dadas com a lealdade e admiração à marca”, diz a empresa.

Então, quais são as marcas mais confiáveis do mundo? A Johnson & Johnson ficou em primeiro lugar, seguida pela General Mills, Google e Kraft Mills, segundo a revista Forbes. Todas essas empresas estabeleceram um relacionamento com sua base de clientes.

Construir confiança leva tempo, mas se você fizer certo, espere um retorno enorme do seu investimento. “Por razões emocionais e práticas, você precisa construir uma conexão real, ouvir e agir com base no que ouve, priorizar o próprio relacionamento e cumprir as promessas que faz”, diz Mackenzie Fogelson, escrevendo para a revista Forbes.

Marcas amadas constroem confiança

3. Marcas amadas definem tendências

Os clientes preferem marcas que estão um passo à frente de seus concorrentes. Essas empresas são inovadoras – elas sempre experimentam as últimas tecnologias e tendências, mesmo que as coisas nem sempre funcionem.

Há muitos exemplos de empresas que assumiram grandes riscos que valeram a pena. Isso inclui o Twitter, que recusou uma oferta de oito dígitos do Facebook para assumir a plataforma de mídia social. Hoje, o Twitter vale bilhões de dólares.

Marcas amadas definem tendências

4. Marcas amadas compartilham os valores de seus clientes

Marcas respeitadas têm as mesmas crenças fundamentais de sua base de clientes, seja uma paixão por um bom serviço, por um projeto de branded content ou uma apreciação por boas causas.

Outras pesquisas sugerem que a sustentabilidade é um importante impulsionador do amor à marca. Um terço dos consumidores prefere marcas sustentáveis, e uma em cada cinco pessoas escolheria ativamente uma empresa se ela deixasse suas credenciais de sustentabilidade claras em embalagens e materiais de marketing, de acordo com um estudo internacional da Unilever.

5. Marcas Adoradas Elevam Experiências

Os clientes adoram experiências e eventos únicos, e há muitos exemplos disso em um contexto experiencial. Veja os M&M’s da marca de confeitaria, por exemplo. Ela usou realidade aumentada para lançar sua nova linha de balas de chocolate caramelo e convidou clientes gulosos para visitar sua localização na Times Square.

Os visitantes puderam jogar jogos de RA exclusivos em seus smartphones e conhecer personagens da franquia. Esta empresa certamente transformou um evento regular de marketing em uma experiência memorável.

Lembre-se de que apenas 8% dos consumidores classificam as experiências como excelentes, portanto, crie campanhas experimentais que impressionem seu público.

love brands experience

6. Marcas amadas respeitam seus clientes

As marcas mais apreciadas do mundo respeitam seus clientes e recebem muito amor em troca. Existem três maneiras de fazer com que mais pessoas respeitem sua marca. Primeiro, você deve transmitir empatia. Em seguida, você deve comunicar a visão e os valores da sua empresa. Finalmente, você deve enriquecer a vida de seus clientes e partes interessadas.

Esses seis impulsionadores do amor à marca provam que o sucesso não é apenas vender a maioria dos produtos ou dominar seu mercado. Siga as estratégias desta lista para envolver os consumidores e fazer com que mais clientes amem o que você faz.

COMENTÁRIOS.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

a

Reach out to us anytime and lets create a better future for all technology users together, forever. We are open to all types of collab offers and tons more.